Escolta Selvagem - Ary Salvatore e Kállista Doux

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Escolta Selvagem - Ary Salvatore e Kállista Doux

Mensagem por Hades em Qui Dez 20, 2012 7:43 pm

O dia estava frio. Muito frio. Há quanto tempo aquela pacata cidade litorânea não era assolada por tão tortuoso frio?
Crianças tossiam em todos os cantos, numa melodia caótica, enchendo os ouvidos dos poucos transeuntes que, bem-aventurados, desafiavam os ventos frios e cortantes que rasgavam suas gargantas.
Acidentes estranhos aconteciam ultimamente ali. Pessoas desaparecidas, assassinatos tortuosos, onde as vitimas eram encontradas com suas pálpebras arrancadas da face, e de seus olhos expostos e aterrorizados brotavam lágrimas de sangue. O desespero parecia ter se acomodado ali, e aparentemente não tinha pressa para sair.

Dentre os poucos pedestres que caminhavam pela rua, estavam duas garotas. Pareciam cansadas. Seus corpos estavam curvados, mas não só pelo vento frio, mas também pelo seu desânimo em continuar em sua atual situação. Estavam perdidas, desesperadas, e não tinham mais para onde ir. Haviam lhe roubado algo que não poderiam tomar de volta; sua paz.
Uma delas era morena. Seus olhos azuis vasculhavam a rua, com uma expressão alerta. Pareciam já ter visto mais do que queriam na vida, e temiam ver ainda mais. Às vezes ela afastava dos olhos azuis seu gorrinho em forma de Pikachu, que parecia grande demais para sua cabeça.
A segunda garota, ligeiramente mais baixa que a primeira, tinha uma expressão parecida, só que mais calma. Parecia ser bem equilibrada, controlada, como se nada pudesse tirá-la de seu estado permanente de tranquilidade. Seus cabelos negros e cacheados escorriam pelas costas até um pouco acima da base de sua coluna, e um gorro de joaninha cobria sua cabeça. suas bochechas estavam rosadas, quase tão vermelhas quanto seu gorro, por causa do vento gélido que apunhalava seu rosto fino.


E atrás dela, seguia uma lata de lixo particularmente transeunte.





Última edição por Hades em Seg Dez 24, 2012 12:38 pm, editado 3 vez(es)
avatar
Hades
Deus dos Mortos
Deus dos Mortos

Mensagens : 455
Data de inscrição : 13/05/2012

Arquivo Olimpiano
Pontos de vida (HP):
100/100  (100/100)
Pontos de energia (MP):
100/100  (100/100)
Equipamento:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escolta Selvagem - Ary Salvatore e Kállista Doux

Mensagem por Ary Salvatore em Qui Dez 20, 2012 8:04 pm

Comentário: Você fez um post muito esclarecedor, Hades e_e



Meu único pensamento ao caminhar, é: De onde veio esse frio? Será que algum Deus resolvera piorar o meu dia? Muito provável. Como se não bastasse tudo isso, tenho que milagrosamente atravessar o país sem ser morta. Legal, né? Hm.

Com esse pensamento feliz, escuto um barulho estranho. Seria idiotice parar e descobrir do que se tratava; poderia ser uma cilada. Discreta e calmamente, analiso o ruído e observo de soslaio e me dou conta de que é nada mais do que uma lata de lixo. Parece estranho, não é? Mas quando se é uma meio-sangue, nada é impossível.

Olho para Kállista, e me certifico de forma sutil de que ela se dê conta de que estamos sendo 'seguidas'. Como pode ser um monstro, gesticulo para ela que aperte o passo e se mantenha em locais públicos, na presença de mortais.
avatar
Ary Salvatore
Indeterminado(a)
Indeterminado(a)

Mensagens : 21
Data de inscrição : 25/07/2012
Idade : 19

Arquivo Olimpiano
Pontos de vida (HP):
100/100  (100/100)
Pontos de energia (MP):
100/100  (100/100)
Equipamento:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escolta Selvagem - Ary Salvatore e Kállista Doux

Mensagem por Convidado em Qui Dez 20, 2012 8:25 pm

Acho que eu parecia tranquila, mas quando se é uma semideusa correndo sempre grandes perigos, a chance de se manter imparcial ao que acontece ao seu redor são bem poucas; mínimas; quase nenhuma.
Não havia expressão alguma em meu rosto, apenas o cenho franzido, pois o vento gélido parecia congelar cada centímetro de minha face e meu corpo, deixando apenas poucas opções de movimento. Isso incluía andar, felizmente.

Apertei o passo ao lado de Ary. Ela pareceu notar o mesmo absurdo que eu: seguidas por uma lata, penso. Entendo seu sinal, me esgueirando sorrateira para perto de alguns mortais por ali, sem me afastar da minha amiga.

Mantenho-me atenta, olhando algumas vezes pelo rabo de olho, tanto para os mortais quanto para a lata ambulante.

Afinal, é sempre tudo muito perigoso.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escolta Selvagem - Ary Salvatore e Kállista Doux

Mensagem por Hades em Qui Dez 20, 2012 8:35 pm

As garotas tentam sabiamente pegar uma "carona" com um grupinho de animados mortais que caminhavam na calçada. Por um momento a lata permaneceu parada, parando de se arrastar ruidosamente. Então uma corrente de ar quente, bastante bem-vinda, passou pelas garotas. Parecia um "pulso" de ar, desafiando a gelidez ao redor. Então, a lata voltou a se arrastas em sua direção, e parou atrás de um poste de luz. Parecia tentar se esconder.
O os mortais nada notaram. Pareciam levemente entorpecidos, olhando a vitrine de uma biblioteca. Alguns poemas estavam expostos. Uma das mortais pôs-se a ler;

Nem todos os encantos voam ao toque frio da filosofia. Houve um Arco-íris terrível no céu, uma vez. Conhecemos esta trama. Sua textura. Ela é dada no catálogo maçante das coisas comuns.

Seu tom era controlado, dramático mas sem monotomia. Equilibrava perfeitamente a velocidade de sua fala com suas pausas efetivas.

Ela olhou para Kállista por um m omento, diretamente em seus olhos. Os cabelos curtos e encaracolados da mulher eram negros, e se confundiam com sua jaqueta de couro da mesma cor. Seus olhos, também escuros, fixaram-se por um momento nos de Kállista. Apenas um metro e meios separava as duas garotas.

A mortal piscou com um olho, e misturou-se ao resto da turma. Parecia soturna e tranquila. O grupo continuou a andar.
avatar
Hades
Deus dos Mortos
Deus dos Mortos

Mensagens : 455
Data de inscrição : 13/05/2012

Arquivo Olimpiano
Pontos de vida (HP):
100/100  (100/100)
Pontos de energia (MP):
100/100  (100/100)
Equipamento:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escolta Selvagem - Ary Salvatore e Kállista Doux

Mensagem por Ary Salvatore em Sex Dez 21, 2012 8:38 am

Nos juntamos a um pequeno grupo de mortais, e continuamos caminhando; graças aos Deuses, conseguimos 'despistar' a lata. Não nego que eu começara a ficar um pouco nervosa, mas meus instintos de liderança me diziam que eu não poderia deixar transparecer isto. O que eu devo fazer é ter tranquilidade e analisar os fatos; tentar descobrir que diabos está acontecendo.

É nesse instante que uma corrente de ar quente passa por nós, e não posso deixar de sorrir. Sorriso esse que se dissipa quando vejo que o vento meio que guiou a lata em nossa direção. Antes mesmo que eu pudesse formar um pensamento sobre isso, uma mulher declama os seguintes versos olhando para Kállista:

Nem todos os encantos voam ao toque frio da filosofia. Houve um Arco-íris terrível no céu, uma vez. Conhecemos esta trama. Sua textura. Ela é dada no catálogo maçante das coisas comuns.

Não nego que achei sua atitude estranha, porém não me pareceu ter intenções hostis. Escuto a lata novamente em nosso encalço. Já estava me cansando disto. Precisava conversar com minha amiga, e ver o que ela achava; faço com que nos atrasemos em relação ao grupo, em um passo mais lento, e digo sussurrando:

Acho ridícula a ideia de nós fugirmos de uma lata! O que acha da ideia de vermos de uma vez do que se trata? Se for um monstro, vai nos encurralar de qualquer forma... Aqui e agora, ao menos teremos o elemento surpresa. — reflito mais um pouco — O problema é que não temos com o que matá-lo. — suspiro — E esse poema... Essa mulher pareceu nos dar um aviso. Melhor: pareceu lhe dar um aviso. Tem ideia do que significa?

NOTA:

Senhor Hades, adoraria que editasse meu nome no título da escolta u_u'
avatar
Ary Salvatore
Indeterminado(a)
Indeterminado(a)

Mensagens : 21
Data de inscrição : 25/07/2012
Idade : 19

Arquivo Olimpiano
Pontos de vida (HP):
100/100  (100/100)
Pontos de energia (MP):
100/100  (100/100)
Equipamento:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escolta Selvagem - Ary Salvatore e Kállista Doux

Mensagem por Convidado em Sex Dez 21, 2012 11:58 am

A lata pareceu parar por um instante, quase que apreensiva, eu poderia dizer. Agradeci mentalmente pela corrente de ar cálida que passara por nós, por um instante me devolvendo a sensação de casa.
A mesma sensação que foi embora assim que a lata se arrastou em nossa direção outra vez.

Olhei de volta para o grupo com o qual tentávamos nos misturar, os mortais estavam parados, lendo um poema exposto em uma vitrine.
Uma mulher recita um deles:

Nem todos os encantos voam ao toque frio da filosofia. Houve um Arco-íris terrível no céu, uma vez. Conhecemos esta trama. Sua textura. Ela é dada no catálogo maçante das coisas comuns.

Em seguida, sinto seu olhar quase perfurar o meu, com a estranha intensidade que esta me encarava. Ela pisca, e o grupo continua a andar.

Somos deixadas para trás à medida que Ary diminui os passos. Permaneço ao seu lado, segurando de leve o seu braço com uma mão, enquanto ajeito meu gorro com a outra livre.
Ela sussurra:

Acho ridícula a ideia de nós fugirmos de uma lata! O que acha da ideia de vermos de uma vez do que se trata? Se for um monstro, vai nos encurralar de qualquer forma... Aqui e agora, ao menos teremos o elemento surpresa. O problema é que não temos com o que matá-lo. — suspirou — E esse poema... Essa mulher pareceu nos dar um aviso. Melhor: pareceu lhe dar um aviso. Tem ideia do que significa?

A menção da mulher e o tal poema me faz sentir um arrepio, e suas palavras, sim, pareceram um aviso.
Mas o maior problema era: Eu não fazia ideia do que se tratava.
As palavras ficaram gravadas em minha cabeça, e tentar desvendar o propósito daquele possível aviso, ou traduzi-lo, apertava minha mente; chegava a doer.
E ainda havia a lata, que droga.

Não temos armas, é verdade. Se houver um monstro naquela lata, é certo que vai nos encurralar de qualquer forma, e é claro que vai aparecer a qualquer momento, a questão é só ficarmos de olho — digo — Eu... Eu não consigo pensar, eu não faço ideia do que a moça estava falando, mas parece importante. É importante. —olho ao redor, incomodada. — Vamos arranjar algo para nos defender, vou ficar alerta a tudo, talvez podemos achar alguma coisa para servir de arma, por enquanto, ou até mesmo uma própria arma.

Dito isso, permaneço alerta a medida que vamos caminhando, olhando de soslaio para a lata ambulante, e ao redor, a procura de algo que nos servirá caso sejamos surpreendidas.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escolta Selvagem - Ary Salvatore e Kállista Doux

Mensagem por Hades em Sab Dez 22, 2012 7:20 am

As garotas continuaram, então ,a andar pelas ruas vazias. A lata atrás delas se esgueirava de becos para postes, e de postes para becos, numa tentativa não-tão-bem sucedida de se manter incógnita. Era tão discreta quanto um filhote de búfalo d'água com disenteria.

As garotas passaram por uma loja de eletrônicos, ao lado da biblioteca. As TV's do monstruário - digo, mostruário - exibiam novas imagens de desespero; mães choravam em cada uma das telas, enquanto o repórter tagarelava funebremente no fundo:

"E aqui, cidadãos, temos mais um caso de horror acontecendo em nossa cidade. Na noite de hoje, três mães do bairro de Zen Gardens deram por falta de uma coisa muito importante; seus filhos. As crianças estavam dormindo em seus berços, enquanto suas mães descansavam. Até que elas foram, uma por uma, percebendo que sua prole não mais estava dormindo tranquila e seguramente em seus quartos. Ligaram, então, para a policia, que estranhou as três ligações semelhantes e veio até o lugar.
Algumas gostas de sangue marcavam o chão do jardim, e uma pequena chupeta cor-de-rosa estava caída no jardim de Stéphane, que perdera sua pequena Nicole. Até quando teremos de suportar esta crise de crimes terríveis?
Quando São Francisco voltará a ser a velha e tranquila cidade de antes? Não sabemos. Tudo que podemos fazer é esperar e rezar por justiça.
"

As garotas, compadecidas com as cenas, ficaram paradas na frente da vitrine, observando, até que perceberam que a lata de lixo estava parada a 3 metros delas, parcialmente oculta atrás de um poste, murmurando estranhamente. As imagens da TV mudaram para um inconvenientíssimo comercial de Nuggets, fazendo as meninas se darem conta, de repente, que estavam morrendo de fome. Um ronquinho escapuliu do ventre (?) de Kállista.
avatar
Hades
Deus dos Mortos
Deus dos Mortos

Mensagens : 455
Data de inscrição : 13/05/2012

Arquivo Olimpiano
Pontos de vida (HP):
100/100  (100/100)
Pontos de energia (MP):
100/100  (100/100)
Equipamento:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escolta Selvagem - Ary Salvatore e Kállista Doux

Mensagem por Ary Salvatore em Sab Dez 22, 2012 4:16 pm

Escuto o comentário de Kállista e assinto pensativa.

Vamos falar com a mortal.

Caminho em direção ao grupo, andando mais rápido; o que nos deixaria cada vez mais distante da dala. A essa altura, eu já tinha certeza que se tratava de um monstro, já que mais ninguém parecia notá-la. Durante o trajeto, paramos para observar o noticiário. Na minha cabeça, os 'sequestros' não se tratavam de meras coincidências: elas não existem no meu mundo. Mais que provável que fosse um monstro, mas no momento eu tinha preocupações mais urgentes.

A lata se encontrava a apenas três metros, o que já é uma distância perigosa. Sinalizo enfaticamente para Kall e caminhamos mais que rapidamente em direção as pessoas. Caso eu consiga chegar até eles sem empecilhos, abordo a mulher educadamente:

Com licença, senhora. Boa noite. Eu e minha amiga ficamos curiosas, e gostaríamos de saber o sobre o significado do poema que você declamou a pouco tempo. Por favor, é claro.

Caso um narrador muito fidikenga, não permita que isso ocorra e algo nos ataque, me defendo da forma que puder: esquivando, rolando, pulando, etc. E, como estamos em um ambiente urbano, estou atenta a qualquer coisa que eu possa fazer uso para me proteger, arremessar ou atacar.
avatar
Ary Salvatore
Indeterminado(a)
Indeterminado(a)

Mensagens : 21
Data de inscrição : 25/07/2012
Idade : 19

Arquivo Olimpiano
Pontos de vida (HP):
100/100  (100/100)
Pontos de energia (MP):
100/100  (100/100)
Equipamento:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escolta Selvagem - Ary Salvatore e Kállista Doux

Mensagem por Convidado em Dom Dez 23, 2012 1:14 pm

Observo tudo super atenta à situação e fico lá pronta para me defender de tudo, concordando com Ary.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escolta Selvagem - Ary Salvatore e Kállista Doux

Mensagem por Hades em Seg Dez 24, 2012 12:48 pm

Ary e Kállista seguem adiante atrás do grupo de mortais que elas estavam "acompanhando". Eles viravam em uma esquina no fim da rua, e as garotas adiantaram o passo para alcançá-los. Mas, quando viram, percebem que eles já estavam mais longe do que deveriam e, entre elas e o grupo, havia mais alguns indivíduos.
Cinco, para ser mais exato. Eram as criaturas mais asquerosas, malévolas e repugnantes que ambas as garotas já tinham visto na vida.
Os olhos vermelhos as fitavam com uma malícia sem tamanho. As garras arranhavam o asfalto da rua, criando sulcos no chão. Seus dentes se projetavam para fora da boca ameaçadoramente.

As garotas, paralisadas pelo susto, estavam ainda na dobra da esquina. Os monstros horrendos estão a 7 metros delas.
Abaixo, uma foto deles.

Spoiler:
[/b]
avatar
Hades
Deus dos Mortos
Deus dos Mortos

Mensagens : 455
Data de inscrição : 13/05/2012

Arquivo Olimpiano
Pontos de vida (HP):
100/100  (100/100)
Pontos de energia (MP):
100/100  (100/100)
Equipamento:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escolta Selvagem - Ary Salvatore e Kállista Doux

Mensagem por Ary Salvatore em Seg Dez 24, 2012 1:03 pm

Só eu que tenho a leve impressão de que não se tratam de simples coelhinhos? Acho que não, hein. O caso é que além dos bichinhos, não posso e não vou esquecer da lixeira. Basicamente, estávamos cercadas, sem armas, e sem defesa. E eu apenas não poderia deixar que estragassem meu gorrinho do pikachu. E toda aquela história de sobreviver, é claro.

Fico atenta a absolutamente tudo. Procuro por um cano, pau, faca, ou qualquer coisa que possa ser usada como arma. Não faço movimentos bruscos pra apanhar nenhum objeto. Faço uma oração silenciosa para meu pai, seja quem for. No mais, me defendo como mencionei no post anterior, caso necessário.
avatar
Ary Salvatore
Indeterminado(a)
Indeterminado(a)

Mensagens : 21
Data de inscrição : 25/07/2012
Idade : 19

Arquivo Olimpiano
Pontos de vida (HP):
100/100  (100/100)
Pontos de energia (MP):
100/100  (100/100)
Equipamento:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escolta Selvagem - Ary Salvatore e Kállista Doux

Mensagem por Hades em Qua Dez 26, 2012 5:04 pm


A campista Kállista teve de ser retirada da narração por motivos misteriosos e selvagens.

Continuando.

Os coelhinhos mortais rosnam para Ary, que não encontra nada ao redor que possa ajudá-la. Os animais começam a babar e a crescer, seu pelo se alongando e se tornando mais eriçado. Um deles crescia mais que os outros, seus dentes longos e serrilhados, os olhos vermelho-sangue fixos na garota.
Ele flexiona as pernas, e pula sobre Ary.

Mas, no ar, o bixo é atingido por uma lata de lixo voadora, e cai para um lado. Alguém segura a mão de ary, e a puxa para longe, virando pela mesma esquina que ela acabara de vir.
avatar
Hades
Deus dos Mortos
Deus dos Mortos

Mensagens : 455
Data de inscrição : 13/05/2012

Arquivo Olimpiano
Pontos de vida (HP):
100/100  (100/100)
Pontos de energia (MP):
100/100  (100/100)
Equipamento:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escolta Selvagem - Ary Salvatore e Kállista Doux

Mensagem por Ary Salvatore em Qua Dez 26, 2012 5:25 pm

Os monstros começaram a crescer, e suas presas e olhos eram arrepiantes. Fodeu, negada. Entrei em desespero, pois não tinha como me defender de um ataque dessa magnitude sem armas. Mas, sem dúvida alguma, se fosse para morrer, seria lutando.

Quando o maior e mais medonho dos 'coelhos' se preparava para saltar, e eu para fugir, acontece algo surpreende: a lata ambulante o ataca. Ao mesmo tempo, e antes que surgisse um novo ataque, fui puxada pela mão e desatamos a correr. Era muitíssimo perigoso aceitar a ajuda de um estranho, mas como diz o ditado: pior do que está, não fica.

Corro o mais rápido que posso, sem olhar para trás. Quando tivermos posto uma boa distância das criaturas, ou quando um de nós não aguentar prosseguir, tomo fôlego, observo meu 'salvador', e digo:

_ Quem é você? Por que se escondeu na lata, e nos seguiu? - olho ao redor, vigilante - De qualquer forma, obrigada.

Caso surja QUALQUER ameaça, me defendo da forma que puder. Com desvios, pulos, macumbas, ou me interpondo entre algo.
avatar
Ary Salvatore
Indeterminado(a)
Indeterminado(a)

Mensagens : 21
Data de inscrição : 25/07/2012
Idade : 19

Arquivo Olimpiano
Pontos de vida (HP):
100/100  (100/100)
Pontos de energia (MP):
100/100  (100/100)
Equipamento:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escolta Selvagem - Ary Salvatore e Kállista Doux

Mensagem por Hades em Qua Dez 26, 2012 5:43 pm

eles correm e entram num beco proximo.
O que!? Você percebeu!? — Escandalizou-se o garoto que puxara Ary — Muito bem!

Olhando melhor agora, ela percebeu que ele tinha pernas de bode. É, por que não?

Ele tira de dentro de sua mochila uma espada embainhada. Fora do beco, eles ouvem alguns rugidos.

avatar
Hades
Deus dos Mortos
Deus dos Mortos

Mensagens : 455
Data de inscrição : 13/05/2012

Arquivo Olimpiano
Pontos de vida (HP):
100/100  (100/100)
Pontos de energia (MP):
100/100  (100/100)
Equipamento:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escolta Selvagem - Ary Salvatore e Kállista Doux

Mensagem por Ary Salvatore em Qua Dez 26, 2012 5:53 pm

_ Ahh, percebi. Mas foi beeeeem difícil. - digo ironicamente, porém distraída - Pode me dar essa espada? Acho que vamos precisar matar algumas coisas.

Não espero bem por uma resposta, e a tiro de lá. Se tratando de um beco, vejo se existe alguma tampa de lixeira limpinha, e a acomodo da mesma forma que um escudo. Em seguida, me dirijo com cautela e rapidez, saindo do beco (gesticulo para que o sátiro me siga, da mesma forma); já que eu não gostaria de ficar encurralada.

Conseguindo fazer isto, ou não, me preparo para a batalha. Me defendo traçando arcos, esquivando ou rolando: da forma que for mais conveniente.
avatar
Ary Salvatore
Indeterminado(a)
Indeterminado(a)

Mensagens : 21
Data de inscrição : 25/07/2012
Idade : 19

Arquivo Olimpiano
Pontos de vida (HP):
100/100  (100/100)
Pontos de energia (MP):
100/100  (100/100)
Equipamento:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escolta Selvagem - Ary Salvatore e Kállista Doux

Mensagem por Hades em Qui Dez 27, 2012 11:54 am

O sátiro entrega a espada à garota, e ele parecia surpreso por ela não estar surpresa com suas pernas bodíferas. Não é sempre que se vê um homem-bode.
De qualquer forma, a garota consegue encontrar uma lata de lixo cuja tampa estava respeitavelmente limpa, e a encaixa na mão como se fosse um escudo, e sai junto ao sátiro para a rua.

Vindo da esquina estavam os cinco coelhos gigantes e estranhos. Um deles, o maior, tinha um vergão ensanguentado na lateral esquerda do rosto, onde a lata de lixo o atingira em cheio. Ele espumava mais que os outros.

Ele dá meio que um uivo, e seus quatro companheiros (com 1,5 metros do rabo ao focinho cada) avançam contra Ary e o sátiro.

A esta altura o sátiro tinha um arco de madeira e uma flecha em mãos. Pareciam ter surgido simplesmente do nada. ele preparou a corda no arco e a disparou, acertando em cheio o peito de um dos coelhos, que se desfez em pelo branco e pó dourado, rodopiando no asfalto.
Os demais, estão a 10 metros, se aproximando rapidamente.


Coelho-Mestre | Nível 5: 95%
Coelho 1 | Nível 3: 100%
Coelho 2 | Nível 3: 100%
Coelho 3 | Nível 3: 100%
Coelho 4 : Morrido

Ary
Vida: 100/100
avatar
Hades
Deus dos Mortos
Deus dos Mortos

Mensagens : 455
Data de inscrição : 13/05/2012

Arquivo Olimpiano
Pontos de vida (HP):
100/100  (100/100)
Pontos de energia (MP):
100/100  (100/100)
Equipamento:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escolta Selvagem - Ary Salvatore e Kállista Doux

Mensagem por Ary Salvatore em Sex Dez 28, 2012 11:27 am

Sem delongas, vamos ao ataque.

Eu já conseguira notar que o modo preferido de ataque por parte dos monstrengos é pular, e depois usar as garras; visto que têm o físico de um coelho, os saltos seriam altos. Já que eu não estava ansiosa para morrer, espero que um deles me ataque (o que não deve demorar muito, a julgar por suas feições assassinas). Quando o monstro flexionar as pernas, corro em sua direção, me jogando no chão com um rolamento quando ele saltar, de modo que ele passe por cima de mim. Continuo, porém, com espada erguida, para que quando ele execute o seu movimento, a mesma o atravesse de um lado a outro. Considero, também, que uma vez iniciado o pulo, a direção não pode ser mudada no ar.

Em seguida, executo outro rolamento para ficar de pé, de modo que eu fique de frente para os coelhos restantes. Caso algum resolva me atacar, traço um arco com minha espada para feri-lo, enquanto mudo de direção.

Há também que se considerar, que o monstro possa querer me atacar sem o salto. Se isso acontecer, eu uso o meu "escudo" para bater em sua face, de modo que eu possa me impulsionar e montar no coelho. Rapidamente, o decepo com minha espada e uso o modo de defesa que descrevi no parágrafo anterior.
avatar
Ary Salvatore
Indeterminado(a)
Indeterminado(a)

Mensagens : 21
Data de inscrição : 25/07/2012
Idade : 19

Arquivo Olimpiano
Pontos de vida (HP):
100/100  (100/100)
Pontos de energia (MP):
100/100  (100/100)
Equipamento:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escolta Selvagem - Ary Salvatore e Kállista Doux

Mensagem por Hades em Sex Dez 28, 2012 11:50 am

Bah.
A garota aguarda, e, quando o coelho do meio decide saltar sobre ela, a garota tola por debaixo dele. El um arco de bronze da espada da guria, o coelho explode em pó e pêlos, assim como seu irmão.

Ary se levanta em tempo de ver o sátiro enfrentando um outro coelho, disparando flechas a esmo enquanto trota de um lado para o outro.

O terceiro coelhito se encolhe, preparando-se para um triplo carpado na ary (?).



Coelho-Mestre | Nível 5: 95%
Coelho 1 | Nível 3: 100%
Coelho 2 | Nível 3: Matido
Coelho 3 | Nível 3: 60% - enfrentando o sátiro
Coelho 4 : Morrido

Ary
Vida: 100/100
avatar
Hades
Deus dos Mortos
Deus dos Mortos

Mensagens : 455
Data de inscrição : 13/05/2012

Arquivo Olimpiano
Pontos de vida (HP):
100/100  (100/100)
Pontos de energia (MP):
100/100  (100/100)
Equipamento:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escolta Selvagem - Ary Salvatore e Kállista Doux

Mensagem por Ary Salvatore em Sex Dez 28, 2012 12:50 pm

Bom, eu acho que houve um erro de narração e o coelho que irá me atacar é o número 1, já que o número 3 está ocupado com o sátiro. Farei meu post com base nisso, mas acho que não irá mudar muito o resultado.



O ataque contra o coelho número 2, foi a melhor ideia que eu tive e há inteligência nos olhos dos monstros: eles não cairiam no mesmo truque duas vezes. Todavia, não tenho muito do que diferenciar meu ataque; lá viria um novo salto.

Assim que o monstrengo iniciar seu movimento, faço um novo rolamento de modo que eu saia de pé por trás do mesmo. Tomo todo o cuidado do mundo para passar rente ao chão, já que ele poderia deixar suas garras traseiras um pouco baixas, e é bom considerar que já que ele está dando um 'triplo carpado', indica que é um salto ainda mais alto. Enquanto estou me pondo de pé, e tendo certeza que vou atingir a mira correta, cravo minha espada até o punho por trás do coelho.

Se ele morrer, me preparo pro próximo. Do contrário, me coloco em posição de defesa, desviando e traçando arcos para me proteger.
avatar
Ary Salvatore
Indeterminado(a)
Indeterminado(a)

Mensagens : 21
Data de inscrição : 25/07/2012
Idade : 19

Arquivo Olimpiano
Pontos de vida (HP):
100/100  (100/100)
Pontos de energia (MP):
100/100  (100/100)
Equipamento:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escolta Selvagem - Ary Salvatore e Kállista Doux

Mensagem por Hades em Sex Dez 28, 2012 5:09 pm

Sem interesse em postar, aqui. Então, perdão pela pobreza de maiores detalhes.

Ary consegue se desviar do coelho, que dá uma cambalhota no ar. A garota tenta atingí-lo pelas costas, porém, assim que toca o chão o coelho dá mais um salto com cambalhota para a frent,e evitando a lâmina.
Ele chuta a parece da esquina do beco que ary acabara de sair, e se lança diretamente contra a garota, que tenta desesperadamente se defender com a espada. O coelho recebe um corte, mas ainda assim consegue atingir a garota com suas garras dianteiras e todo os eu peso, jogando-a ao chão. Isto fez, mara seu azar, a espada da menina machucá-lo ainda mais, transformando-o em pó.



Coelho-Mestre | Nível 5: 95%
Coelho 1 | Nível 3: Morto
Coelho 2 | Nível 3: Matido
Coelho 3 | Nível 3: 50% - enfrentando o sátiro
Coelho 4 : Morrido

Ary
Vida: 85/100
avatar
Hades
Deus dos Mortos
Deus dos Mortos

Mensagens : 455
Data de inscrição : 13/05/2012

Arquivo Olimpiano
Pontos de vida (HP):
100/100  (100/100)
Pontos de energia (MP):
100/100  (100/100)
Equipamento:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escolta Selvagem - Ary Salvatore e Kállista Doux

Mensagem por Ary Salvatore em Ter Jan 01, 2013 5:21 pm

Seria melhor por um fim nos subordinados, para enfrentar a ameaça maior. Portanto, no instante em que minha espada transformar em pó o monstro, me dirijo ao que o sátiro está enfrentando, correndo silenciosa e rapidamente, até que o monstrengo fique de costas pra mim. Feito isso, conto que o meu amigo com cascos esteja fazendo um bom trabalho distraindo-o, tomo um impulso, e pulo em suas costas cravando minha espada. Se ele notar a minha presença, me esquivo pelo máximo de tempo possível, e gesticulo para que o sátiro chame sua atenção. Se ele se virar, totalmente prossigo com o plano original, se ele se virar parcialmente, cravo minha espada de forma frontal em seu crânio.

Considero, também, que o coelho chefe se absteve da luta e que continua na posição inicial, já que o narrador não indicou sua movimentação ou atitude hostil. E, que dada a distância, eu concluiria meu ataque antes que o mesmo me alcançasse.

Se tudo der certo, me viro em posição de defesa para o coelho restante. Se nada der certo, continuo me defendendo, traçando arcos e me esquivando.
avatar
Ary Salvatore
Indeterminado(a)
Indeterminado(a)

Mensagens : 21
Data de inscrição : 25/07/2012
Idade : 19

Arquivo Olimpiano
Pontos de vida (HP):
100/100  (100/100)
Pontos de energia (MP):
100/100  (100/100)
Equipamento:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escolta Selvagem - Ary Salvatore e Kállista Doux

Mensagem por Hades em Ter Jan 01, 2013 5:39 pm

A garota avança contra o coelho-pequeno-restante, que enfrentava o sátiro.
As super orelhas de coelho da criatura vibraram e se viraram à aproximação da garota. O monstro se vira para ela, rosnando, e se prepara para pular sobre a garota quando uma flecha se finca em seu pescoço, e ele vira pó.

Ary se vira para o coelhão restante, que parecia indignado e enraivecido.



Coelho-Mestre | Nível 5: 95%
Coelho 1 | Nível 3: Morto
Coelho 2 | Nível 3: Matido
Coelho 3 | Nível 3: Morto
Coelho 4 : Morrido

Ary
Vida: 85/100
avatar
Hades
Deus dos Mortos
Deus dos Mortos

Mensagens : 455
Data de inscrição : 13/05/2012

Arquivo Olimpiano
Pontos de vida (HP):
100/100  (100/100)
Pontos de energia (MP):
100/100  (100/100)
Equipamento:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escolta Selvagem - Ary Salvatore e Kállista Doux

Mensagem por Zeus em Qui Jan 31, 2013 6:07 pm

|Escolta cancelada a pedido da campista|
avatar
Zeus
Deus dos Raios e Rei do Olimpo
Deus dos Raios e Rei do Olimpo

Mensagens : 333
Data de inscrição : 20/09/2012
Localização : Acampamento Meio-Sangue, Chalé Nº 07

Arquivo Olimpiano
Pontos de vida (HP):
10000000/10000000  (10000000/10000000)
Pontos de energia (MP):
10000000/10000000  (10000000/10000000)
Equipamento:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escolta Selvagem - Ary Salvatore e Kállista Doux

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum